Tag Archives: Consagrado

Seu amor me conquistou

“Tudo vem de vós e não oferecemos senão o que temos recebido de vossa mão” (1 Cro 29,14b)

É preciso que o consagrado compreenda o quanto é insuficiente; jamais poderíamos cumprir nossa missão se Deus não nos desse sua graça, dizia o Apóstolo Paulo: “é pela graça de Deus que sou o que sou” (1 Cor 15,10). Quando o consagrado reconhece e aceita a sua infinita pequenez, torna-se mais agradecido ao grande amor de Deus que chama e conduz a vocação até o fim. A Palavra do Senhor diz: “Mas eis aqui uma prova brilhante de amor de Deus por nós: quando éramos ainda pecadores, Cristo morreu por nós.” (Rm 5,8). Por puríssima graça de Deus, o chamado tem uma força própria que impulsiona o vocacionado a corresponder a essa vocação. Deus nos quis, nos escolheu, nos separou; não porque merecemos, mas, porque Ele é bom. (mais…)

Published: 25/09/2018

Meu grito de resistência

“Esperando, contra toda a esperança, Abraão teve fé e se tornou pai de muitas nações, segundo o que lhe fora dito: assim será a tua descendência (Gn 15,5).” (Rm 4,18).

A constante luta do homem ferido e decaído

Se creio e minha fé é viva, o Deus que vive em mim vai encontrar menos resistências para realizar sua vontade. O crer me compromete e me convoca a mudar minha atitude, porém, muitas vezes não quero mudar minhas atitudes… Eu não quero… Existe em nós uma constante luta interior, algo que insiste em dizer: “não te servirei!”: Eis o grito de resistência. (mais…)

Published: 25/07/2018

Exemplo de Cristo

Ser consagrado é ser profeticamente o Cristo casto, pobre e obediente. Na castidade revelamos que Cristo é nosso único Amor, na pobreza revelamos que Cristo é nossa única Riqueza e, na obediência Cristo é nosso único Querer. Essas três dimensões são antídotos para as tentações do ter, do poder e do prazer.

O homem que não é tentado não se salva, já diziam os padres do deserto, pois é exatamente nas tentações que o consagrado tem a oportunidade de por em prática a sua fidelidade a Deus. As dimensões da pobreza, da obediência e da castidade são antídotos para as tentações do ter, do poder e do prazer. (mais…)

Published: 12/07/2018