Destaques



Evangelho de Domingo: As tentações de Jesus e a conversão para o Reino dos Céus

Estamos no Tempo litúrgico da Quaresma, que nos prepara para a celebração da Santa Páscoa…

Leia mais

Por que motivo Jesus foi condenado à morte?

Jesus morreu pelos nossos pecados. E, o que é mais profundo, morreu por nós, morreu porque Deus nos ama; e nos ama a ponto de dar o seu Filho unigênito, a fim de que tenhamos a vida por meio dele…

Leia mais

O poder está em Deus

O poder está em Deus não nos homens, o homem recebe os dons para melhor servir a Deus e realizar bem a missão que recebeu. Quando pensamos que o poder está em nós, que os dons que temos são por nossos méritos, mediocrizamos o sagrado.

Leia mais

A graça de Deus está em ação

“Converter-se”, um convite que vamos ouvir muitas vezes na Quaresma, significa seguir Jesus de modo que o seu Evangelho seja guia concreta da vida, significa reconhecer que somos criaturas, que dependemos de Deus, do seu amor…

Leia mais

Evangelho de domingo: Sê purificado

Nestes domingos, o evangelista São Marcos ofereceu à nossa reflexão uma sequência de várias curas milagrosas. Hoje apresenta-nos uma muito singular, a de um leproso curado…

Leia mais

Agenda

Hover Image

18 de fevereiro

Encontro Dia do Senhor

Hover Image

22 a 25/fevereiro

Simpósio para Novas Fundações

Hover Image

23 de fevereiro

Tarde de Oração no Dia Votivo a São Pio



Últimos Posts

Solidão… Como enriquecê-la?

No instante da concepção Deus criou a alma de forma única e eterna, deixando nela um espaço, uma espécie de ‘oco’ que possui tamanhos diversos. Este ‘espaço oco’ é a tenda do Senhor armada no ser profundo de cada homem.

“Não sabeis que sois o templo de Deus, e que o Espírito Santo habita em vós?” (I Cor 3, 16). (mais…)

Published: 05/09/2016 | Comments: 0

5 obstáculos que impedem de sentir a real presença de Deus.

É a misericórdia que salva, por meio de Jesus Cristo, que não veio para punir os pecadores, mas chamá-los à conversão.

Deus não mandou seu Filho ao mundo para punir os pecadores muito menos para destruir os maus. A eles é feito o convite à conversão para que, vendo os sinais da bondade divina, possam reencontrar a estrada do retorno.

Recordamos o Evangelho de Mateus, no trecho em que Jesus diz “bem-aventurado aquele que não vê em mim motivo de escândalo”, escândalo significa obstáculo.

A advertência de Jesus é sempre atual: também hoje o homem constrói imagens de Deus que lhe impede de sentir a sua real presença. A partir disso, cito 5 obstáculos atuais:

  1. Alguns tecem uma fé “faça você mesmo” que reduz Deus ao espaço limitado dos próprios desejos e das próprias convicções. Mas esta fé não é conversão ao Senhor que se revela, ao contrário, impede-O de provocar a nossa vida e a nossa consciência.
  2. Outros reduzem Deus a um falso ídolo; usam seu santo nome para justificar os próprios interesses ou até mesmo o ódio e a violência.
  3. Para outros, Deus é somente um refúgio psicológico no qual estar seguro nos momentos difíceis: trata-se de uma fé dobrada em si mesma, impermeável à força do amor misericordioso de Jesus que conduz em direção aos irmãos.
  4. Outros ainda consideram Cristo somente um bom mestre de ensinamentos éticos, um entre tantos na história.
  5. Finalmente, há quem sufoca a fé em uma relação puramente intimista com Jesus, anulando o seu impulso missionário capaz de transformar o mundo e a história. Nós cristãos acreditamos no Deus de Jesus Cristo, e o seu desejo é aquele de crescer na experiência viva do seu mistério de amor.

Tenhamos o compromisso de não colocar nenhum obstáculo ao agir misericordioso do Pai, e peçamos o dom de uma fé grande para que também nós sejamos sinais e instrumentos de misericórdia.

Fonte: Parte do discurso do Papa Francisco na Audiência Geral desta quarta-feira 07 de setembro de 2016, na Praça São Pedro.

Published: 02/09/2016 | Comments: 0

Setembro, mês da Palavra de Deus

A Bíblia Sagrada contém 72 livros, 46 deles pertencem ao Antigo Testamento, 27 livros pertencem ao Novo Testamento, nela encontramos narrações, ensinos, orações pregações e profecias.

A Bíblia é a Palavra de Deus, como disse São Pedro: “Antes de tudo, sabei que nenhuma profecia foi proferida por efeito de uma vontade humana. Homens inspirados pelo Espírito Santo falaram da parte de Deus” (II Pd 1,21). (mais…)

Published: 02/09/2016 | Comments: 0