Formação Geral

Submissão a Deus

“Meu alimento é fazer a vontade daquele que me enviou e cumprir a sua obra.” (Jo 4,34)

Como podemos ter certeza de que estamos fazendo a vontade de Deus?

O Pai realiza visivelmente sua obra naquele que se deixa moldar por Ele. “Todo aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe.”  (Mt 12,50). A obra do Pai é nos tornar filhos no Filho. Quando o caminho de um vocacionado, mesmo que lentamente, dá frutos de conversão, de mudança interior, de crescimento humano, nos afetos e nas emoções, podemos ter certeza de que aquela pessoa está no lugar certo e está fazendo a vontade de Deus. Pelo contrário, quando observamos no vocacionado apenas fechamento em si mesmo, rebeldia, desobediência, murmurações, então ali habita o pecado e no pecado não pode estar a vontade de Deus. (mais…)

Published: 14/08/2018

Deus comigo e eu com Ele

Se a mística, como já dissemos em postagens anteriores, é uma tendência profunda à religiosidade e à contemplação dos mistérios divinos, torna-se essencial em nossa vida diária o encontro com o Senhor, é através da interioridade e da oração que conhecerei Jesus e compreenderei a Sua vontade. (mais…)

Published: 31/07/2018

Meu grito de resistência

“Esperando, contra toda a esperança, Abraão teve fé e se tornou pai de muitas nações, segundo o que lhe fora dito: Assim será a tua descendência (Gn 15,5).” (Rm 4,18).

Como vencer as resistências conscientes e inconscientes?

Somos rebeldes! E nossa rebeldia vem à tona todas as vezes que nos sentimos contrariados, quando nos comunicam as coisas de última hora, quando parecemos menos importantes que os outros… Como vencer este mal?

Submetendo-se. Um consagrado que não é humilde não consegue perseverar. Vivendo a regra de vida, “a regra é um freio para nossa rebeldia“. Obedecendo, a obediência favorece a fé e a oração. Se nossa fé é viva, o Deus que vive em nós encontrará menos resistências para a Sua graça. (mais…)

Published: 25/07/2018