Ensinos

“Ressuscitou! Ressuscitou verdadeiramente!”

A todos vós chegue a voz jubilosa da Igreja, com as palavras que um antigo hino coloca nos lábios de Maria Madalena, a primeira que encontrou Jesus ressuscitado na manhã de Páscoa. Ela correu ao encontro dos outros discípulos e, emocionada, anunciou-lhes: “Vi o Senhor!” (Jo 20, 18). Hoje também nós, depois de termos atravessado o deserto da Quaresma e os dias dolorosos da Paixão, damos largas ao brado de vitória: “Ressuscitou! Ressuscitou verdadeiramente!” (mais…)

Published: 01/04/2018

O terror da Paixão

Jesus enfrenta o terror da paixão, confiando no Pai: assim se realiza o Reino

São João, na sua redação das palavras do Senhor no “Domingo de Ramos”, acolheu também uma forma modificada da oração de Jesus no Horto das Oliveiras. Temos, em primeiro lugar, a afirmação: “A minha alma está perturbada” (12, 27). Transparece aqui o pavor de Jesus, ilustrado amplamente pelos outros três evangelistas: o seu pavor diante do poder da morte, diante de todo o abismo do mal que Ele vê e ao qual deve descer. O Senhor sofre as nossas angústias juntamente conosco, acompanha-nos através da angústia derradeira até à luz. Depois, em João, aparecem duas perguntas de Jesus. A primeira é expressa apenas condicionalmente: “E que hei-de dizer? Pai, salva-me desta hora?” (12, 27). (mais…)

Published: 26/03/2018

“Hosana! Bendito o que vem em nome do Senhor!”

Jesus chega a Jerusalém vindo de Betfagé e do Monte das Oliveiras (cf. Mc 11,1-10), isto é, seguindo a estrada por onde deveria vir o Messias. De Betfagé, Ele envia à sua frente dois discípulos, com a ordem de Lhe trazerem um jumentinho que encontrarão no caminho. De fato encontram o jumentinho, soltam-no e levam-no a Jesus. Naquele momento, o entusiasmo apodera-se dos discípulos e também dos outros peregrinos: pegam nos seus mantos e colocam-nos uns sobre o jumentinho e outros estendidos no caminho por onde Jesus passa montado no jumento. Depois cortam ramos das árvores e começam a apregoar expressões do Salmo 118, antigas palavras de bênção dos peregrinos que, naquele contexto, se tornam uma proclamação messiânica: (mais…)

Published: 23/03/2018