Ensinos

Sexta Obra de Misericórdia Espiritual: Sofrer com paciência as fraquezas do nosso próximo.

Temos a oportunidade todos os dias de cumprir esta obra de misericórdia espiritual, as vezes nem precisa sair de casa. Precisamos suportar os pequenos defeitos das pessoas que moram conosco e deixam o banheiro molhado, o creme dental destampados ou não puxam a descarga do vaso; as vezes uma simples atitude de deixar a luz ligada sem necessidade já nos irrita. Suportar, não murmurar, corrigir mais uma vez com amor é um desafio diário. (mais…)

Published: 09/08/2016 | Comments: 0

Atenção e Vigilância!

No Evangelho (Lc 22, 32-48), Jesus fala aos seus discípulos sobre a atitude a ser tomada em vista do encontro final com Ele, e explica como a expectativa deste encontro deve conduzir a uma vida rica de boas obras. “Vendam os seus bens e deem o dinheiro em esmola. Façam bolsas que não envelhecem, um tesouro que não perde o seu valor no céu: lá o ladrão não chega, nem a traça rói”, diz Jesus.

Nós podemos ser muito apegados ao dinheiro, ter muitas coisas, mas no final, não podemos levar tudo isso conosco. Recordem que o sudário não tem bolsos. O ensinamento de Jesus prossegue com três parábolas breves sobre o tema da vigilância. Isto é importante: a vigilância, estar atentos, ser vigilantes na vida: (mais…)

Published: 08/08/2016 | Comments: 0

Porta Santa: Passagem da morte para a vida

Jesus, acompanhado dos seus discípulos e de uma grande multidão, entra em uma cidadezinha chamada Naim e se depara com o enterro de um jovem, com uma mãe viúva e muita gente. Ao ver a mulher, Jesus sentiu uma grande compaixão e, com uma grande misericórdia, tocou o caixão e enfrentou a morte.

Durante este Jubileu, ao passar pela Porta Santa, a ‘Porta da Misericórdia’, os peregrinos se recordem deste episódio do Evangelho. Quando Jesus viu aquela mulher em lágrimas, ele entrou em seu coração. Ao passar pela Porta Santa cada um leva a própria vida, com suas alegrias e sofrimentos, projetos e falências, dúvidas e temores, para apresentá-la à misericórdia divina. (mais…)

Published: 05/08/2016 | Comments: 0